Contexto

 

Ao longo da história da AIDS, a população de homens gays, bissexuais e outros homens que fazem sexo com homens tem sido desproporcionalmente afetada pelo vírus do HIV. No Brasil, a prevalência do HIV nesta população é 22 vezes maior do que na população geral. Em São Paulo, a prevalência é de 15.4%, 40 vezes maior. Esta é uma situação que se repete globalmente, caracterizando a epidemia da AIDS como concentrada.

Me Convida Que Eu Vou é um estudo que teve início em 2016 em 13 cidades: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O objetivo foi estimar a prevalência da infecção pelo HIV, sífilis e Hepatites B e C entre homens gays, bissexuais e outros homens que fazem sexo com homens. Também foram avaliados os conhecimentos, atitudes e práticas sexuais a fim de subsidiar políticas públicas de prevenção

Resultados

The 12 city HIV Surveillance Survey among MSM in Brazil 2016 using respondent-driven sampling: a description of methods and RDS diagnostics

Inquérito sobre o HIV entre HSH no Brasil em 2016 usando respondent-driven sampling (RDS): descrição dos métodos e dos diagnósticos do RDS

Medicine_logoTXT.webp

Palavras-chave

HSH; HIV; sífilis; hepatites; IST; RDS

- Título oficial -

 

Estudo de abrangência nacional de comportamentos, atitudes, práticas e prevalência de HIV, Sífilis e Hepatites B e C entre Homens que fazem sexo com Homens

- Equipe -

Pesquisadora principal: 

Ligia Regina Franco Sansigolo Kerr

Universidade Federal do Ceará


Coordenadores de Campo:


1. Alexandre Kerr Pontes

Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 


2. Ana Cláudia Camillo

Fundação Alfredo da Mata, Manaus 


3. Ana Maria de Brito e Ageu Magalhães,

Oswaldo Cruz Foundation, Recife 


4. Ana Rita Coimbra Motta-Castro

FIOCRUZ/Federal University of Mato Grosso do Sul, Campo Grande 


5. Daniela Riva Knauth

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre

6. Edgar Merchan-Hermann

University of Brasília, Brasília 


7. Luana N C Lima

Instituto Evandro Chagas, Belém 


8. Maria Amélia Veras

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo , São Paulo 


9. Maria Inês Dourado

Universidade Federal da Bahia, Salvador 

10. Lisangela Cristina de Oliveira

Centro Universitário Autônomo do Brasil – UNIBRASIL, Curitiba 


11. Mark Drew Crosland Guimarães

Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte

12. Raimunda Hermelinda Maia Macena

Universidade Federal do Ceará, Fortaleza

Estatística: 

Rosa Salani Mota

Assessores internacionais: 

Carl Kendall, Tulane University, New Orleans

George Rutherford, University of California San Francisco, San Francisco

Willi McFarland, University of California San Francisco, San Francisco

- Equipe São Paulo -

Coordenação
Maria Amelia de Sousa Mascena Veras
Gustavo Santa Roza Saggese

Supervisão
Adriana Cezaretto
José Luís Gomez Gonzalez Junior
Luiz Fabio Alves de Deus


Coletadoras
Maria Rocha

Solange Eduardo Chabu Gomes

Entrevistadores/as:
Bruno Puccinelli
Daniel Dutra de Barros

Maram Raposo de Medeiros da Rocha

Marilda Martins

Natália de Souza

Ramon Pereira dos Reis

- Parcerias -

UNESCO

Ministério da Saúde

- Financiamento -

Ministério da Saúde

Banco Mundial

- Período -

Dezembro 2015 - Agosto 2016

Resumo

Este é um estudo transversal que tem por objetivo descrever o perfil sociodemográfico e comportamental, os conhecimentos, atitudes e práticas relacionadas à infecção pelo HIV/AIDS e demais IST entre homens que fazem sexo com homens de 12 municípios pré-selecionados (Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Manaus/AM, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA e São Paulo/SP) e estimar as taxas de prevalência para o HIV, Sífilis e Hepatite B e C para cada rede social acessada nos municípios pré-selecionados, através da técnica de amostragem RDS (Respondent-driven sampling)

©Me Convida que eu Vou - Todos os direitos reservados